ME CHAMARAM PARA CONHECER O PARQUE LÊNIN E VOCÊ NÃO IMAGINA O QUE ACONTECEU

Escrito por Pablo Peixoto em 10.12.2014

Aproveitando a sugestão dos protestos, sim, eu fui pra Cuba. Fora todas as impressões de viagem, o resultado de décadas de Fidelismo e os cruéis resultados do embargo econômico, isso eu comento depois, tem uma história que eu gostaria de compartilhar com vocês.

Estávamos conhecendo um dos bairros “nobres” de Havana em um cocotaxi, (uma espécie de riquixá motorizado) quando o motorista/piloto gentilmente nos perguntou:“Vocês querem conhecer o Parque Lênin?” Devido ao barulho alto do motor, pedi para ele repetir:

“Vocês querem conhecer o Parque Lenin?!!”

Como quem está na chuva é pra se molhar, por quê não visitar a praça que leva o nome desse ícone do comunismo? Deve ter bandeiras vermelhas um busto de bronze do líder comuna e até um painel com camponeses e operários revoltados. Ok, vamos lá!

Qual foi minha surpresa. Chegando ao local, descubro que não era Parque Lenin e sim PARQUE LENNON!
Exatamente isso que você leu, estimado leitor. Uma praça com direito a estátua desse ícone do Rock’n Roll (leia-se imperialismo ianque) em plena Havana. Na obra, Lennon está sentado de bobeira num banco e aos seus pés pode-se ler versos de “Imagine” em espanhol. O motorista disse que Fidel é grande fã dos Beatles. (putz, até aqui tem beatlemaníaco, pensei.)

A estátua é muito legal, bem feita. A praça é bonita, mas… estavam faltando os óculos do John… Logo imaginei que assim como a estátua do Drummond no Rio, algum FDP rouba sistematicamente os óculos do ex-Beatle.

Ledo engano. Foi só me aproximar da estátua que um funcionário do governo (de crachá e tudo) vem me perguntar se eu gostaria de tirar uma foto. Com a resposta positiva, ele retira os óculos do bolso e os coloca na estátua.

Em outras palavras: UM FUNCIONÁRIO PÚBLICO SÓ PARA GUARDAR OS ÓCULOS DE UMA ESTÁTUA!

Seu Ramon, guardador de óculos oficial do governo revolucionário

Na hora o único pensamento que me veio à cabeça foi:

Olha o Comunismo dando certo aí!!!
eu trocando uma idéia com meu amigo johnny

Fica a dica para o prefeito Eduardo Paes, ao invés de mandar fazer caríssimos óculos novos para o poeta brasileiro, porque não criar um cargo de guardador de óculos no Brasil também?