Ai, eu odeio adoro amar você!!!

Escrito por Pablo Peixoto em 22.05.2013

Amor e ódio, ódio e amor. Esses sentimentos tão conflitantes estão tão pertos. Amar é criar expectativas é esperar retribuição, quando essa retribuição não vem aí é que o bicho pega. Felizes foram romeu e Julieta, que não viveram para discutir pensão e a guarda dos filhos Julieu e Romieta.

Com tecnologia é a mesma coisa, a gente pega uns ódios que ninguém sabe de onde saiu. Ontem todo mundo amava o ICQ, hoje é motivo de piada. MSN a mesma coisa, o Orkut então, nem se fala. Marca da besta.

Mas provavelmente a maior vítima o ódio desenfreada da internet é o pobre do Internet Explorer, que carrega um estigma ainda de ser um navegador lento e pesado.

Mas, como tudo muda e na internet o amor vira ódio que vira amor de novo, o Explorer lançou a campanha O navegador que você amava odiar, que pode ser baixado e testado gratuitamente.

Porque vocês também não fazem o teste? Se tudo volta, dinossauros voltam, o Jason volta, o John Tra-volta (essa foi horrível) Porque o navegador que ensinou uma geração a usar a internet não pode voltar repaginado?

Acesse www.onavegadorquevoceamavaodiar.com e descubra seu novo navegador.